Família & Sucessões
Quinta-feira
06 de Maio de 2021 - 

Newsletter

Blog

 
Adoção. Como deve proceder?
 
Primeiramente, os interessados em adotar, devem procurar a Vara da Infância e Juventide do local de residencia para preencher e protocolar requerimento e apresentar todos os documentos pessoais.
Após, deve-se aguardar convocação para avaliação técnica realizado por assistente social do Vara da Infancia e psicólogos forenses e demais procedimentos legalmente previstos.
A equipe técnica emitirá um laudo que será encaminhado ao membro do Ministério Público que emitirá parecer. Todos esses documentos e laudos serão homologados pelo juiz da vara da Infãncia que homologará por meio de sentença judicial, o pedido dos pretendentes à adoção, que será então, incluídos no rol de cadastro de adoção.
 
Qualquer dúvida, entre em contato.
 
 
 

Advance Directives

Diante de tantos avanços tecnológicos, a medicina e demais ciências da saúde tornou possível o prolongamento da vida, principalmente com a manutenção das funções vitais e biológicas, todavia, deixando-se de lado outras esferas como socioafetiva e relacional.
 
Para quase toda a funcionalidade do organismo que claudicar, a artificialidade prevê o substituto mecânico, a manter o coração à pulsar, o sangue a fluir e o pulmão inflar-se.
 
Diante de tais avanços e das condições nas quais atualmente os indivíduos tem vivido a própria morte, reacederam-se discussões acerca de questões tais como se é válida a manutenção da vida a qualquer custo ainda que isso cause ao paciente dores infindáveis; se não se estaria prejudicando a qualidade de vida em benefício de sua quantidade com tal atitude; se não tem indivíduos direito de morrer de forma que lher pareça menos sofrível, mais dignamente; se o indivíduo tem autonomia para determinar-se e optar pela morte quando sua vida ou apenas e tão somente adiando a morte; se é dever da medicina sustentar indefinidamente a vida; se devem-se usar todos os recursos disponíveis no tratamento de um doente em situação de fim de vida ou se pode interromper (ou não iniciar) o tratamento, essas são questões dentre a miríade de questionamentos possíveis a respeito de situações limítrofes da vida.
 
O contrato de diretivas antecipadas de vontade são gêneros, conhecidas na ordem como advance directives, e, trata-se de documentos por meio dos quais uma pessoa expressa  antecipadamente suas preferências em relação aos tratamentos e cuidados médicos que deseja ou não receber para a ocasião em que não mais possa expressar-se automaticamente ou, então, nomeia um procurador para a tomada das decições em seu lugar.
 
Entre em contato com nosso escritório!
 
Beni Cassettari
 
 
Visitas no site:  42390
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.